REFORMAS: DESCULPEM O TRANSTORNO, ESTAMOS EM OBRAS!

pexels-photo-221027.jpeg

Falamos no post anterior sobre reformas de apartamentos (leia aqui!). Depois de todo o tempo de projeto e da liberação da obra no condomínio, finalmente chega um dos momentos mais esperados (e temidos): a obra!

Precisamos ser muito sinceras e dizer que não tem como, obra é (quase) sempre uma aventura! Por mais que seja organizada, que tenha uma equipe muito responsável, que os prazos sejam cumpridos, é um terreno que está fadado a muitos imprevistos que, infelizmente, acontecem.

Por isso, não hesitamos em dizer: obra precisa de projeto, planejamento e acompanhamento.

O projeto é parte essencial, pois é nele em que tentamos prever a maioria dos problemas que podem ocorrer. Como sempre dizemos: é bem mais simples mudar no papel do que mudar na obra (o que serve tanto para construções quanto para reformas). Além disso, ter um projeto detalhado ajuda todos os profissionais a saberem exatamente o que devem fazer.

A obra deve ser sempre acompanhada por um profissional responsável, garantindo que tudo está sendo executado dentro dos conformes. Essa responsabilidade deve ficar a cargo do profissional que emitiu o termo de responsabilidade técnica de execução ou direção da obra.

Uma obra abrange uma série de profissionais de diferentes áreas e que muitas vezes precisam de direcionamento e orientação, consiste em etapas, em compra e recebimento de materiais, em atenção ao cronograma, dentre vários detalhes. Você pode escolher gerenciar sua obra sozinho ou contratar um profissional que o auxilie (e esteja sempre a postos pra resolver aqueles pepinos que aparecem de última hora). Pode ser que o próprio arquiteto que fez seu projeto faça também esse tipo de serviço ou te indique outro profissional ou empresa capacitada.

Mas, afinal, quais são as etapas básicas de uma reforma?


Antes de tudo: vistoria de entrega do imóvel!

search.png

Se você acabou de receber o imóvel da construtora, é muito importante fazer uma vistoria preliminar! Você pode contratar um arquiteto ou engenheiro para acompanhá-lo ou para realizar a vistoria. Nela deverão ser notadas eventuais imperfeições, defeitos, etc, que devem ser considerados na obra.

Um dos principais pontos a serem checados é o nivelamento do piso! O piso deve estar todo nivelado da maneira correta antes da etapa de assentamento dos novos pisos. Isso também pode afetar as portas, que muitas vezes precisam, também, ser niveladas. Então, fique atento!


1 - Proteção

warning.png

Obras geram entulho, poeira e podem ocasionar danos ao seu apartamento, portanto é muito importante proteger pisos, portas, janelas, vidros, etc, antes de iniciá-la.


2 - Demolição

hammer.png

Caso seja necessário, a demolição é o primeiro passo propriamente dito da obra. É nesse momento em que a maior parte do entulho será gerado e é muito importante que ele não seja acomodado em um único local na obra, pois isso pode gerar sobrepeso num único ponto e trazer danos à estrutura daquele local.


3 - Descarte

garbage.png

O descarte correto do entulho gerado é muito importante. Contrate caçambas que tenham autorização para fazê-lo em locais adequados.

Nunca deixe entulhos na calçadas ou em terrenos desocupados. Além de acarretar transtornos à cidade, essa prática pode gerar multas aplicadas pelo condomínio e pela prefeitura.


4 - Reconstrução

brick-wall.png

Se for necessário construir, a hora é agora!


5 - Instalações

tools.png

É o momento de fazer as novas instalações necessárias, sejam elas elétricas, hidráulicas, de ar condicionado, automação, etc.


6 - Gesso

allen.png

Logo depois que as fiações e dutos das instalações já estão finalizados e que a marcação das luminárias que serão embutidas no forro já estão prontas, é o momento do gesso. Essa é uma etapa um pouco demorada e que faz muita (frisamos: muita!) sujeira, pois o pó de gesso, utilizado na finalização, gera uma poeira fininha, que fica no ar e impregna em tudo (inclusive na roupa de quem passa pela obra nesses dias ☹️ hehehe).


7 - Amaciamento de paredes

door.png

Sabe quando bate a luz e a gente percebe que a parede tem ondulações e imperfeições? Isso ocorre porque elas não foram bem amaciadas quando construídas. Infelizmente, é algo muito comum em apartamentos e prejudica o efeito daquela iluminação super especial, por exemplo.

Portanto, antes de partirmos para fases de acabamento, é sempre bom conferir, lixar, amaciar e repintar paredes. Isso vale também para portas - confira se é necessário fazer esse mesmo procedimento com elas.

Assim como o gesso, essa é uma etapa que gera muita poeira.


8 - Mármores, granitos e pedras.

saw.png

O último momento que pode trazer bastante sujeira para a obra, antes de irmos para os acabamentos: a instalação de todas as bancadas, mármores, granitos e pedras.

Como as bancadas, em geral, são chumbadas nas paredes, é importante já estarem instaladas antes dos revestimentos ou da pintura.


  • Após a finalização da instalação das bancadas e antes do início da instação dos revestimentos, pode-se dar uma primeira demão de pintura. A pintura final estará apenas nos últimos passos, mas uma primeira demão, nesse momento, é bem-vinda! Lembrando que, caso isso seja feito, as paredes deverão ser protegidas quando os revestimentos começarem a ser instalados

9 - Revestimentos

trowel.png

É só depois de finalizadas as etapas que geram sujeira que podemos dar início à instalação de pisos e revestimentos. Assim evitamos manchá-los, danificá-los ou impregná-los de uma poeira difícil de ser removida.


10 - Iluminação

light-bulb.png

É o momento de instalar todas as luminárias! Nesse momento, o eletricista pode também já finalizar os interruptores e tomadas.


11 - Marcenaria

bookshelf.png

Entramos na fase final da obra! Agora é o momento da montagem dos móveis planejados.


12 - Pintura

paint-roller.png

E, enfim, a pintura! A fase final!


13 - Limpeza!

washing-plate.png

Depois de tudo isso, seu imóvel só vai estar precisando muito de uma coisa: uma boa limpeza!

Sujeira de obra não é uma sujeira comum, então aconselhamos sempre a contratação de empresas especializadas nesse tipo de limpeza.


Informações adicionais

contract (2).png

Esse post tem caráter meramente ilustrativo e bem resumido! Durante a obra, muitas dessas etapas se sobrepõe e um profissional capacidade saberá dizer exatamente em que momento isso pode ocorrer ou quando devemos mudar de uma etapa para a outra.

Os materiais também precisam de armazenamento correto para que não percam a qualidade (muitas vezes a maneira como pisos de diferentes tipos devem ser armazenados divergem, alguns devem estar deitados, outros devem estar em pé, etc). Assim como é muito importante nunca concentrar o peso do armazenamento (seja de entulho ou materiais) em um único ponto ou num único cômodo na obra, pois esse excesso de sobrepeso pode causar danos à estrutura da edificação (isso vale não apenas para reformas em apartamentos, mas também para sobrados).

É aconselhável que a mudança seja feita apenas após a limpeza ser finalizada! Muitas vezes isso não é possível, assim como muitas vezes a reforma tem que ser feita quando já moramos no apartamento. Nesses casos, a proteção à mudança, aos objetos, mobiliário, etc, deve ser ainda maior.

Pode parecer assustador, mas a verdade é que a obra é quase que como um organismo vivo. Ela tem seu tempo, tem suas questões, precisa de atenção e cuidado. Mas, no final, vale muito a pena! 😊


Precisamos de pessoas que estão dispostas a compartilhar nossos sonhos, a ouvir nossos desejos e expectativas para caminharmos juntos, com confiança, responsabilidade e amor no que fazemos!

E é claro que a OBA - Oficina Brasileira de Arquitetura, deseja ser sua parceira nessa trajetória!

Fale com a gente!

 

e-mail: alo@oba.design

Tel: (18) 99147-4023 | (14) 98149-6467

@oficinabrasileiradearquitetura